informations et ressources libres sur la Capoeira et ses traditions Suivez nous sur Facebook
www.capoeira-infos.org
ActualitesHistoirePersonnagesRessourcesLiens
personnages  
Mestres :

Samuel Querido de Deus

Jorge Amado, dans "Bahia de Todos os Santos" , trace le profil de Querido de Deus, en 1944, quand le pécheur vivait encore, sous le titre de : O Capoeira, le Capoeira .

“Já começaram os fios de cabelo branco na carapinha de Samuel Querido de Deus. Sua cor é indefinida. Mulato, com certeza. Mas mulato claro ou mulato escuro, bronzeado pelo sangue indígena ou com traços de italiano no rosto anguloso? Quem sabe? Os ventos do mar nas pescarias deram ao rosto do Querido de Deus essa cor que não é igual a nenhuma cor conhecida, nova para todos os pintores. Ele parte com seu barco para os mares do sul do estado onde é farto o peixe.

Quantos anos terá? É impossível saber nesse cais da Bahia, pois de há muitos anos que o saveiro de Samuel atravessa o quebra-mar para voltar, dias depois, com peixe para a banca do mercado Modelo. Mas o velhos canoeiros poderão informar que mais de sessenta invernos já se passaram desde que Samuel nasceu. Pois sua cabeça já não tem fios brancos na carapinha que parece eternamente molhada de água do mar? Mais de sessenta anos. Com certeza. Porém ainda assim, não há melhor jogador de capoeira, pelas festas de Nossa Senhora da Conceição da Praia, na primeira semana de dezembro, que o Querido de Deus.

Que venha Juvenal, jovem de vinte anos, que venha o mais ágil, o mais técnico, que venha qualquer um, e Samuel, o Querido de Deus, mostra que ainda é o rei da capoeira da Bahia de Todos os Santos. Os demais são seus discípulos e ainda olham espantados quando ele se atira no rabo-de-arraia, porque elegância assim nunca se viu... E já sua carapinha tem cabelos brancos... '

Existem muitas histórias a respeito de Samuel Querido de Deus. Muitas histórias que são contadas no Mercado e no cais. Americanos do norte já vieram para vê-lo lutar. E pagaram muito caro por uma exibição do velho lutador. 'Certa vez seu amigo escritor foi procurá-lo. Dois cinematografistas queriam filmar uma luta de capoeira. Samuel chegara da pescaria, dez dias no mar e trazia ainda nos olhos um resto de vento sul. Prontificou-se. Fomos em busca de Juvenal. E, com as máquinas de som e de filmagem, dirigimo-nos todos para a Feira de Água dos Meninos. A luta começou e foi soberba. Os cinematografistas rodavam suas máquinas. Quando tudo terminou, Juvenal estendido na areia, Samuel sorrindo, o mais velho dos operadores perguntou quanto era. Samuel disse uma soma absurda na sua língua atrapalhada. Fora quanto os americanos haviam pago para vê-lo lutar. O escritor explicou então que aqueles eram cinematografistas brasileiros, gente pobre. Samuel Querido de Deus abriu os dentes num sorriso compreensivo. Disse que não era nada e convidou todo mundo para comer sarapatel no botequim em frente.

'Podeis vê-lo de quando em quando no cais. De volta de uma pescaria com seu saveiro. Mas com certeza o vereis na festa da Conceição da Praia, derrotando os capoeiras, pois ele é o maior de todos. Seu nome é Samuel Querido de Deus.”

Amado, Jorge - Bahia de tous les saints (page 158-159)
Carneiro Edison - Negros Bantu, notas de etnographia religiosa e de folclore, 1937
Estadio da Bahia - Article 13 février 1937.
Liberac Antonio - Bimba, Pastinha, Besouro de Manganga, Três personagens da Capoeira Bahiana
Rego Waldeloir - Capoeira Angola

Edison Carneiro, qui le connut, publie une photo de lui, en plein jeu, dans Negros Bantos affirme que :
"Le meilleur capoeirista de Bahia, m'affirment les noirs, serait Samuel Querido de Deus, un pécheur d'une rapidité de corps reconnue"

------

Antonio Liberac rapporte, qu'en 1937, qu'il fut l'un des invités du 2ème Congrès Afro-brésilien réalisé à dans la ville de Sao Salvador. Liberac reproduit aussi un Article du Journal "Estadio da Bahia" qui annonce une démonstration de Capoeira le 13 février 1937 :
"à 9h30 du matin, il y aura sur le terrain de Basket-Ball du Club de régates Itapagipe une démonstration de Capoeira Angola, lutte fétichiste des nègres Banyus de Bahia. La "vadiaçao" sera dirigée par Samuel Querido de Deus, consideré pas ses pairs comme le meilleur capoeiristes de Bahia, et aura le concours de Barbosa, Onça Preta, Juvenal, Zepelin, Bugara, Eutyquio, Nénem, Zei, Ambrosio, Barroso, Arthur Matos, Rafhael, Damiao et autres adeptes de l'art de Manganga"


Aberre
Ananias
Arthur Emidio
Atenilo
Barba branca
Bigodinho
Bilusca
Bimba
Boa Gente
Boca Rica
Bola 7
Brandao
Caiçara
Canjiquinha
Cobrinha Verde
Curio
Dois de ouro
Ezequiel
Gato
Gerson Quadrado
Gigante
Gildo Alfinete
Jair Moura
Joao Grande
Joao Pequeno
Joel
Jogo de Dentro
Juvenal
Leopoldinha
Livinho
Lua de Bobo
Lua Rasta
Maré
Moraes
No
Noronha
Parana
Pastinha
Paulo dos Anjos
Pele da Bomba
Samuel Querido de deus
Sinhozinho
Sombra
Tiburcinho
Traira
Virgilio da Fazenda Grande
Waldemar da liberdade

traduction et recherche: Aruera / 2014
© aruera
Cours de Capoeira à Nantes